8 de set de 2010

NOVA ETAPA DA PESQUISA

Então, gente.
Mais uma notícia velha.
Agora a pesquisa é sobre as Melissas Baby.

Eu sei que ninguém pediu minha opinião, mas como essa bodega é minha, vou dar mesmo assim.
Eu acho essas Melissa Baby uma das iniciativas mais caça-níqueis que a Melissa teve as manhas de lançar.
Não sei o que é pior, se elas, os lacinhos de Zen Girl, a Mini Lady Dragon ou o perfume.
Primeiro, porque a numeração é pra uma idade em que o pé das crianças muda de número a cada dois meses.
Segundo, porque R$ 70 em um sapato de plástico para crianças é um abuso.
(Só porque pagamos R$ 150 em um par de Melissas na idade adulta não quer dizer que as mães melisseiras das melisseiras-bebês precisam ser abusadas desde as filhas em tão tenra idade. Infelizmente, somos burraldas, viciadas e consumistas demais para perceber isso)

Eu nem participei pq não tenho nada mais a dizer a respeito de Melissas para crianças cujo pé 18 vai ser 19 daqui a algumas semanas. Ótima estratégia para vender, e a numeração tb é estratégica!
Se alguém tiver, vai e bota a boca no trombone!

6 comentários:

Raíssa disse...

É uma fofura as melissas para bebês, mas também é um absurdo o preço delas. Se eu tivesse uma filha, ela só iria calçar melissa na sua adolescência, rsrs.

Lili (Liliane Nunes) disse...

Bom, carinhas elas são!
Mas o fato é que criança também precisa de sapatos! rs
Ainda hoje estava com uma amiga no shooping e ela estava vendo alguns sapatinhos de criança para a sobrinha dela. E eu fiquei pasma, porque os sapatos de criança no geral não são muito baratos mesmo. Cobram por sapatos de criança quase o mesmo que cobram pelos nossos... E já que é assim, acho que não ia me importar de comprar uma fofura dessas se eu tivesse uma filhinha... ainda que caros :|

Joy disse...

Não sei se a melissa baby é cara, ou eu que sou pobre mesmo... Mas o fato é que eu não compraria não. Quando a gente paga por uma melissa pra gente, pelo menos temos a convicção de que ela irá durar por muito tempo, mais até do que um sapato convencional. O conceito baby foi legal; a execução e o custo-benefício que ficaram a desejar.

Leleth disse...

Sabe o q eu mais gosto do melissando??? A sinceridade!!
A Adriana fala td q a gente pensa e tem vontade de falar... Q Melissa machuca, é cara e q as loucas (Nós nesse caso) continuamos comprando, e sempre querendo mais!
Parabéns!!

dgrinha disse...

Pois é Dri,também concordo com você a mini melisa é muuuuito cara,mas qdo eu chegava a uma loja com a minha filha de 2 anos e meio ela ficava: "mãe é da Aninha!"Então imagina o golpe baixo para uma mãe.Numa dessas lojas ela até experimentou porque qdo ela viu que era pequena, ela empolgou e começou:"mãe ó linda",logo a vendedora que não é boba trouxe uma no tamanho dela e ja colocou no pezinho e ela ja saiu desfilando e falando:"mãe ó cheirosa"(já viciou no cheiro de Melissa rss)!!Mas memso asssim ressisti,90 dinheiros para usar em tão pouco tempo.Ressisti com firmeza!
Um belo dia passeando pelas lojas virtuais vi que a mini melissa estava na promoção(63 dinheiros ainda é o olho da cara para uma sandália de pl´stico para uma criança usar em poucos meses) ai não resisti mesmo e me joguei.Valeu a pena ver a carinha dela,qdo a sandália chegou uma alegria sem fim,com direito a palmas e beijos na mamãe!*__*

JuKirchhof disse...

Assim,

que é caro, isso é fato. Mas, comprando roupas e sapatos para criança, fiquei chocada com os preços em geral. São quase os mesmo que pra nós. E, quando minha prima nasceu, na época da Melissa Trance... eu tinha uma, minha mãe uma e compramos uma pra ela. Foi a última melissinha, depois pararam com os modelos baby e voltaram agora. Mas enfim... usávamos as duas as melissas iguais e era uma fofura... é caro... masssss, vale tãaao a pena pelos momentos fofos que se tem!!!

;)