3 de set de 2010

AGRESSÃO!

Sabe a minha paixão pela 3-Straps Elevated?
(Quase) terminou no dia que eu tive de andar um pouco mais com ela.
Um esclarecimento, antes. Em meu trabalho anterior, eu ficava praticamente o dia todo sentada em um escritório dentro de uma fábrica. Andar era do estacionamento para a minha mesa, da mesa para o restaurante, do restaurante para a mesa e da mesa para o estacionamento.
Talvez por isso eu não desse tanto valor às Ultras.
*fiz as contas de quantas Ultras andei comprando ultimamente. É um crime. Confessei para a Tamy, mas morri de vergonha*

Na semana passada fui a um evento na Pinacoteca do Estado, aqui em Sao Paulo.
Como não era uma coisa muito formal, resolvi ir de jeans, blazerzinho estruturadinho, camiseta podrinha e a tal da 3SE.
Só que eu sou pedestre agora.

Melissa Susane Richtofen

Tipo, o ponto do bus é do lado da minha casa, o ponto do trabalho é só atravessar a rua e acabou. Quer dizer, continuo andando pouco. Aí peguei um taxi aqui na frente do escritório para ir até a Pinacoteca, que parou bem na frente da entrada.
Terminou o evento e tinha visto que a estação de trem Julio Prestes é do lado da Pinacoteca. E assim, a estação de trem mais próxima de casa fica na linha da Julio Prestes. Então resolvi dispensar o táxi (gente, trabalho em ONG e economizo tostões de despesas, olha como eu sou boazinha!) e voltar de trem, que pertinho da estação passam alguns ônibus que param no ponto perto de casa.

O problema foi que, no que eu andava, parecia que o salto ia ficar preso no piso. Pisando com cuidado e MUITO devagar, ora pois. E lá na Julio Prestes tem umas criaturas estranhas, e nem ia dar para correr direito...
No trem foi tranquilo, estação inicial, gatha sentada etc e tal.
Só que quando fui pegar o bus, estava lotado e eu de pé, com aquele salto.
E a anta pegou o bus errado. Que me deixou um pouco longe de casa. Uns 500 metros.
Mas OK, sou atleta e fodona, posso andar isso.
Mas foi eu andar uns poucos metros, naquela calçada totalmente torta, irregular e quebrada, e ainda na descida (ou seja, tendo q puxar o freio), para os meus pés começarem a doer. Não só doía, queimava, ardia na alma, latejava, quase gangrenou (#dramamodeon) e isso q eu tava de meia fina!
Só sei que demorei uma fábula pra chegar em casa (tipo, meia hora? Megalesma!), quase atirei a 3SE pela janela e fui conferir o saldo dos estragos: duas bolhas MEGAGIGANTES em cada pé, uma na sola, perto da dobrinha do dedão, e outra na lateral (acho q é de eu ter freado, pq do ponto até em casa foi só descida) e muito ódio no coração.

Depois, eu fui ver a 3-Straps Elevated e pedi desculpas. Owwwwnnnnn, ela é tão linda!
Mas vou deixar para usar quando não tiver de andar muito.

Foi experiência traumática, do naipe de dirigir na estrada, na chuva com uma Ashanti que mega apertava meu pé, quase interrompendo a circulacao (gente, dirigir descalça na estrada para mim não rola).

E vocês, queridas meninas pedestres, já tiveram stress pós-traumático causado por alguma Melissa, do tipo "te odeio, suma da minha vida"?

22 comentários:

Patricia disse...

Ôh, tadinha... Adri, Melissa é enfeite, não foi feita para andar...

Paola disse...

Já tive um episódio de "agressão" com a Hello. Sempre ouvi falar que ela era linda e confortável, qdo comprei a minha, realmente achei mto linda. No primeiro dia em que fui usá-la qse volto descalça para casa. Eu tb sou pedestre e ela não resistiu ao meu trajeto de ônibus-metrô-escadas-caminhadas. Na hora do almoço eu já estava com umas três bolhas...EM CADA PÉ. Nunca mais usei e não tive coragem ainda de vendê-la...mimimi.

Kat~* disse...

Então, já passei por isso hehehe, eu não tenho carro e vou a pé pro trabalho (pra trabalhar geralmente uso sapatilhas ou algum sapato alto, porém confortável). Da minha casa na estação de trem dá uns 10min andando, e a anta aqui foi com a karim Rashid novinha no pé. Cheguei em casa horas depois com bolhas no pé e com um pouco de raiva. Mas a culpa foi minha porque eu sabia que ia andar e coloquei ela que nunca tinha usado. Hoje em dia, sempre que sei que vou andar eu coloco um sapato baixo ou tênis, o problema não são as melissas, mas qualquer sapato de salto, eles não foram feitos pra gente ficar andando muito com eles, é só pra lugares perto heheh, beijos!!

Sandra Régia disse...

Já tive uma experiência de ódio eterno (que durou só até o dia seguinte). Eu resolvi bater perna com a Three Straps Low. Eu não posso andar muito, com sapato nenhum, nem tênis. Ponto. Só que a gente precisa andar, né? E o que eu faço é usar palmilhas ortopédicas, entupir o pé de band-aid e ficar me sentando aqui e acolá. Além da dor, meus pés incham. E com a Three Straps e as malditas tiras de poucos furos eu não tinha como folgar o sapato. Resultado, meu pé inchou a ponto de cortar a circulação (mesmo). Me arrependi até a última gota da alma por ter escolhido aquela Melissa, mas no dia seguinte já tinha feito as pazes com a bichinha.

winner disse...

Nice blog...had to translate it

Lili (Liliane Nunes) disse...

Medoo!
Eu ainda não consegui usar a minha 3SE, só comprei agora no final do inverno em uma promo, e como o calor ta de derreter e também porque acho que ela não combina muito com as minhas roupinhas de verão, não tive oportunidade de usa-la, mas ela me pareceu bem confortavel :\
Mas vai saber né...

A melissa pra quem tive que dar tchau foi a esmeralda. Ela massacrava meus pés, tipo não só doia, mas queimava, ardia, rs.
Outra que estou quase mandando ir passear (sozinha) é a Vinyl, p$%# que pariu!

Carol Túrtura disse...

Opa...Minha experiência dessa foi com a Severine...hehehe

Laura disse...

A Hello pra mim mata meus dedinhos!!! coitados...

-Helô Helê- disse...

Dri do céu, sofri aqui encolhendo o dedo com vc...

A minha primeira Malika me fez ter um surto psicótico no meio do para-anda do trânsito e simplesmente arranquei do pé antes que começasse a chorar.

A outra que fez estrago similar foi a Disco. Lancei mão da pose e foda-se. Trabalhei descalça o resto do dia, mas o estrago já estava feito. Fui embora andando igual uma pata...Meu dedão grita até hoje quando vê a danada saindo da caixa, mesmo que seja pra fotografar pra colocar à disposição!

Heli disse...

Até agora meus problemas foram com as Melissas de numeração errada que comprei. No caso, a Disco (que troquei por uma numeração maior), a Hello (que passei logo adiante e também troquei por uma numeração maior) e a Flavor, que já tinha tirado a etiqueta e tudo o mais, e não teve jeito, tive que ficar com ela. Vez ou outra uso a bichinha, mas cada vez volto com bolinhas onde as tirar apertam. Acontece que eu calço 34 na maioria das marcas de calçados, mas descobri há pouco que minhas Melissas precisam ser 35...

Kátia Araujo disse...

Eu também aprendi da pior forma. Acreditava que ela seria SEMPRE confortabilíssissississima, mas me decepcionei. :(
E sim, as ladeiras.. Foi assim que [com a ajuda da 3SE] ganhei um belo furo na minha meia fina de bolinhas. AHHH.

Beijos, espero que volte a postar semrpe agora, gosto muito do seu blog =D

jaqueline disse...

A minha melissa assassina foi a ultra de laço, a bandida mordia meus calcanhares, tinha vontade de tirá-las no meio da rua e jogá-las no lixeiro mais próximo, grrr.
É tão triste, a maioria (99,9%) das melissas são terríveis pra caminhar =/

Gleyci disse...

Já tive uma experiência cruel tbm, a minha foi com a Desire.
Andei uma vez da estação de Santo André até o shopping ABC (Antigo Mapping) com ela...aquela parte mais fina que fica no calcanhar quase me deixaram aleijada!!!
Fizeram bolhas ENORMES nos dois lados daquela parte nos DOIS PÉS...e como eu tive que continuar andando, as bolhas estouraram por ficar raspando constantemente e mesmo depois de estourado eu ainda tive que continuar andando!
Resultado final: Meus pés SANGRARAM e eu tive que ficar DIAS seu colocar um sapato fechado atrás!!!
Foi HORRÍVEL!! x_x

BIA_XUXU disse...

Tenho ódio mortal da Ultra Wedge Doc Dog Flocada.
Comprei a bordo e a preta.
Na primeira vez que usei a bordô ela simplesmente tirou sangue do meu pé, fui numa lojinha experimentar uma sapatilha e qdo tirei meus dedos estavam todos como se eu tivesse raspado no asfalto e saindo sangue, um absurdo.
Peguei a preta no dia seguinte e levei na loja de volta, fiquei com crédito lá, mas eu devolvi.
E a bordô vendi rapidinho, graças a Deus.

E pra piorar nesse dia não desci do carro pra ir a padaria comprar pão pra minha mãe, e deixei de ver meu ex namorado pela última vez, pois na madrugada ele sofreu um acidente de carro e morreu.

Ou seja, tenho ódio mais do que sobrehumano dessa melissa!!

Tekah G. disse...

"Não só doía, queimava, ardia na alma, latejava, quase gangrenou"

Senti isso com a Kali, e sem fazer drama viu. Tudo bem que eu quis estrear ela... no baile (mas ah, parecia tão confortável! ¬¬)
Meus dedos devem ter demorado umas horas pra voltar pra posição normal, foi horrendo, nem conseguia sentir eles. Olho pra ela e até hoje tenho vontade de atirar pela janela! Pior aquisição que eu fiz da Melissa, fato! Pra se andar em calçada irregular é horrível, e até em pisos lisos ela é um saco, fica saindo do pé ao mesmo tempo que espreme seus dedos!

Thais F. Rama disse...

Olá meninas, minha experiencia foi com a Hello, Melissa novinha... eu toda feliz resolvi sair pra dançar "abafando" com a minha Melissa nova... o problema foi que eu não consegui sair da cadeira.. pois bem, achei total falta de cabimento ficar com um sapato que eu não consigo andar... liguei na Melissa e ELES TROCARAM sem nem questionar muito... então meninas NÃO SOFRAM liguem e troquem suas Melissas para que possamos continuar ADORANDO Melissas! Bjos

Leleth disse...

Concordo c a Tekah! A kali é uma destruidora de dedos, e no meu caso de unhas tb! Fui pra balada c ela, dancei muito, e só qnd parei percebi o estrago... A Bicha apertou taaanto meus dedos q eu fiquei com bolhas debaixo das unhas dos dedões. Resultado, perdi as unhas(#Nojinho). Mas eu sou teimosa e continuo usando essa malvada! Ah a temptation tb naum fica nem um pouquinho pra tras, só que não sai do pé como a Kali.

Kety disse...

Comprei uma ashanti flocada um nº menor do que o normal. Pra Q? Pensei que iria perder o pé, pra se ter uma noção meus pés adormeceram, mesmo eu sentada, a circulação praticamente parou, ae eu troquei é claro pelo meu nº, mais mesmo assim a ashanti acaba com o meu pé.

Bianca Ladyhawke disse...

A Campana ZigZag de salto fez a mesma coisa comigo, só que quando eu tirei ardia e queimava horrores, parecia que eu tinha pisado em brasas... gritei tanto que a probre da minha avó não sabia o que fazer, hauahauhaua bj

andressa disse...

Pois bem, eu também tive um momento "suma da minha vida" com a kali. fui chic e elegante ver um emprego em pinheiros (o emprego é meu uhu!) e tive que andar um pouquinho até o metrô consolação pois desci no ponto errado ¬¬ K.O no meu calcanhar ¬¬ fiz o truque do álcool e ... perfect ! agora consegui domar a fera rs (que exagero !)e comprei mais duas xD uma bordô e uma rosa :D

Alessandra disse...

Gentee,...comprei uma Kali pelo site!!!Não tinha experimentado, quando calcei agora...PUTZ...!!! Ao mesmo tempo que o salto é super, hiper, mega confortável a parte da frente praticamente assassina os dedinhooss...Não sei o q faço :-( Amei muito elaaa!!!!! Vou tentar usar o truque do secador na prte da frente pra ver se adianta...

beijocas!!!

Mariana Tambellini Faustino disse...

Eu nunca aprendo... pois sempre me ferro, trucido meus pés e ainda olho para elas com ternurinha.. hahaha

Como praticamente todas as de salto alto já renderam histórias, vou contar a mais recente, que foi com a seduction, ela acabou com as laterais dos meus pezinhos... e com os dedos também, ta certo que eu desci altas ladeiras (o que só massacra mais) e depois voltei para casa de metrô lotado... juro por Deus que na hora eu ficava revezando os pés de apoio e olhava para todas as sandálas baixas de outra mulheres com inveja.
Agora como sei que vou aprontar isso novamente, o único remédio não é ter band-aid, nem esparadrapo na bolsa e sim uma sapatilha zig zag, são tão levinhas e maravilhosas....