31 de out de 2011

DESIGN

Sim, sei que sou chata pra burro.
Sim, sei que sou crítica pra pohã.
Sim, sei que reclamo pra carallo.

Mas vem cá.
Se a marca coloca o investimento em design na composição do preço, os consumidores não têm direito de exigir um design diferenciado nos produtos?

JELLY, ESSA LOJA TROLLADA

Há umas quatro semanas, passei no Santo Ábito do Shopping SP Market (para quem não está em São Paulo, esse diabo desse Shopping tem algumas lojas em outlet que valem a pena a viagem) e comprei minha Ultragirl + Jason Wu preta.

CLARO que eu me apaixonei, e como não tava no pique de ir pro cafundó de novo atrás de uma rosa, resolvi passar na Jelly para dar uma olhada. O vendedor fofo Luciano me atendeu e me disse que não tinha ainda. Uma semana mais tarde, fui ao Shopping União de Osasco (outra biboca) e vi a tal da Jason Wu lá. Comprei-a, muito feliz.

Semana passada, caiu um toró em São Paulo e eu estava com a Jason Wu, molhada até a alma. Como vocês sabem, essa pohã de Ultra, na chuva, escapa mais do pé que o normal e como eu ando encantadinha com as Hoop, resolvi parar e procurar uma vermelha, porque a minha é bordô, neam? <3 Daí que passei na mesma Jelly e nada de Hoop, nenhuma cor. "Vai chegar até terça", disse o Luciano, ainda fofo mas meio constrangido, que mesmo comigo pingando, foi fofo e querido.

Sério, achei que a parceria com a Melissa fosse firmeza, mas em qualquer loja de shopping suburbano (pelo menos os que eu frequento) tem uma variedade maior de cores e modelos do que na Jelly.

Não que eu fique triste com essas coisas, mas acho que o Luciano merecia ter mais produtos bacanas para vender.

25 de out de 2011

INTERROMPENDO O SILÊNCIO

Cats, bom dia!

Interrompendo o silêncio em caráter excepcional.
Como vocês que me lêem há algum tempo devem imaginar, não parei de comprar Melissas.
Desde a última vez que nos "falamos", entraram mais três na sapateira, o que dá uma média de 1 por mês: uma hoop preta e duas Ultras (joga-a-forma-fora fail) do Jason Wu, a preta (#muitoamor) e a rosa queimado (atual cor fetiche).

Por que duas?
Primeiro porque vocês sabem bem como eu sou. Segundo, porque AMAY o detalhe da corujinha no laço de gorgulhão. Me fascina deveras! Terceiro, porque usei no inverno, com meia opaca, e foi lindo. Quarto, porque a Ultra se adequa demais à pessoa que pega bus + trem todos os dias.

MAS hoje, dia de calor saariano neste cidade (sim, eu sei que é exagero, mas cheguei aqui no trabalho de manhã mega suada), a Ultra realmente não ajudou.


Eu carrego comigo a grande agonia de querer estar sempre com os pés macios. Daí é manteiga nos pés e cerinha nas cutículas o tempo todo. Agora imagina a sapatilha de plástico + meleca de creme + calor, se o pé não tenta escapar desse inferno a cada passo?

E com um agravante: o solado da Ultra Wu tem umas costurinhas, que com esse papo de creme + calor, dá uma raladinha de leve na sola.

Agora junta tudo: sapatilha de plástico + pé melecado de creme + calor + pé escapando do sapato + raladinhas na sola.


Andar com essa Ultra - e com qualquer solado com costuras ou texturas muito salientes - no calor é desnecessário.