28 de mar de 2011

TIME CODE: Mega atrasada

Achei que a Feeling lembra a Troupe sem o ar bacana do abotinado Oxford, mas com toda a delicadeza dos cadarços de uma kichute.

Ah, gente, não... O que é essa Making? Me recuso demais, sério. É a Melissa doméstica: a Galocha Pega Forte meets o espanador grisalho desfiado. Um rato de esgoto se camuflaria tranquilamente aí no meio.
Fico curiosa com duas coisas: 1) Os pêlos têm altura regulável? 2) Como os pêlos são grudados no plástico?

Eu tinha gostado da ideia da Having Metais , da bota alta, dos penduricalhos, até ver uma foto dela na Plastic Dreams. Eu seo que a modelo estava agachada, mas achei tão feia que criei birra dela.

Gostei tanto dessa Making Crochet quanto da Making Espanador.

O que seria esse mafagafo que colocaram na Hoop e o que tem a ver com o tal do Time Code? Gente, sério, me dá um norte, me explica, me ajuda a ver sentido nessa coleção!!!

Sai o laço à la Dr. School e vem esse... Esse... Esse penduricalho de sapato masculino da década de 80. Salinas mais uma vez prestando desserviços com essa Jambo. É bom a Melissa parar e repensar a parceria, porque o parceiro tá trollando geral.

Joy e Enjoying. Nada mais a declarar. Um dia o Oxford sai da moda e essas Melissas vão ficar encalhadas em algum lugar...

Se subirmos o cano da Joy, teremos uma Melissa totalmente diferente, inovadora, inesperada, surpreendente, para darmos o inspirador nome de Kissing?

Tô falando, Lady Dragon é a nova Ultragirl. Não vai ter uma coleção que não venha pelo menos duas! E essas me evocam um tempo passado: os anos 80 (de novo), quando o bicho de pelúcia da moda era um Giovanna Baby ou uma referência ao ouriço-do-mar em homenagem à coleção Love Pirates.

É, minha opinião sobre a Liberty nem mudou desde a última vez. Next.

Outro Oxford? Quédizê: EnJOYing - telinha + flocado acamurçado = Liking. Como não podia deixar de ser, toda coleção tem seu Frankenstein.

9 comentários:

Sandra Régia disse...

Muito obrigada por mostrar a conexão entre a Joy e a Enjoying, só mesmo assim para eu não confundir pelo menos o nome desse modelo. Os nomes são tão parecidos que não tem como confundir. Inclusive, onde você fala Making, na verdade é Having.

Eu também tinha simpatizado com a Having Metais e também criei birra quando vi no pé de alguém pela net.

Mas eu ameeeeeei a Feeling, fica linda no pé!!!

Sandra Régia disse...

Na verdade eu quis dizer que os nomes são tão parecidos que não tem como NÃO confundir... Mas acho que deu pra entender...

Kel disse...

Eu gostei da Frankenstein rsrs

A Arte do Ballet Clássico disse...

Mafagafo? kkkkkkkk
Sua percepção das coisas é ótima!!!
Gostei de alguns modelos da coleção,mas concordo plenamente com você que os modelos em nada tem haver com o tema.

π disse...

Lady Dragon é a nova Ultragirl

Eu diria que é a Ultragirl de salto, mas que ela nunca vai morrer é certeza! A diferença é que ela não me convence, seja o que for que colem em cima dela.

Adriana disse...

Sandra
Essa coleção tá tãããão cheia de personalidade (NOT) que eu nem consigo assimilar o nome dos modelos. Sério, a Melissa anda me dando um sonoZZZZZZZZ...
Beijo
Adri

Adriana disse...

Kel
Diz meu sexto sentido que você pode esperar as promos para comprar de todas as cores... Se bem que meu feeling anda meio cagado em relação à Melissa... Whatevah...
Beijo
Adri

Adriana disse...

Bailarina
Não tem nada a ver MESMO! Era melhor ter pegado um nome aleatório, tipo Plastic Fetish, que aí cada um tem o seu... Mas Time Code, boei total.
Beijo
Adri

Adriana disse...

Pi
Ela até é legal, esperta, gente boa e talz, mas SAI DO PÉ essa ordinária.
Não dá pra confiar em um salto de 10 cm que sai do seu pé quando você anda. #tsunamifeelings
Beijo
Adri